OS DOIS SEXOS NA OBRA DA RENDENÇÃO PDF Imprimir E-mail

por Santo Agostinho

Cristo quis assumir para si o sexo masculino, e dignou-se honrar, em sua mãe, o sexo feminino. [...]

Caso Cristo se tivesse feito homem sem consideração pelo sexo feminino, a mulher teria perdido a esperança, tanto mais, tendo-se em conta que por ela o homem havia caído. Por isso, Cristo honrou a um e a outro sexo, e cuidou de um e de outro.

Ele nasceu de uma mulher. Não vos desespereis, ó homens: Cristo dignou-se ser homem! Não vos desepereis, ó mulheres: Cristo dignou-se nascer de uma mulher!

À salvação que vem de Cristo acorram todos. Venha o sexo masculino e feminino. Na fé não há distinção alguma.

Sermão 72 A, 4 = Denis 25,4

 

Noticias do Vaticano

News.va